O governo de Minas informou nesta terça-feira que o pagamento da
primeira parcela dos salários do mês de maio da maioria dos servidores do
Estado sofrerá atraso de dois dias. Inicialmente, previsto para esta quarta (16),
a data mudou para a próxima sexta (18). A informação foi dada pela Assessoria
de Relações Sindicais da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de
Minas Gerais (Seplag).

No entanto, o pagamento da segunda e terceira parcelas continuam
mantidas para 25 de maio (sexta-feira) e 30 de maio (quarta-feira),
respectivamente. Já os profissionais da segurança pública, como policiais
militares e civis, bombeiros e agentes penitenciários, além dos servidores
da Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) receberão a primeira
parcela nesta quarta-feira, como previsto na escala divulgada pelo próprio
governo estadual, no início do mês.

Os critérios adotados também seguem os mesmos. Os servidores com
salário até R$ 3 mil líquidos (75% do funcionalismo) recebem integralmente na
primeira parcela. Funcionários com vencimentos até R$ 6 mil líquidos (17% do
funcionalismo) recebem uma parcela de R$ 3 mil e o restante na segunda.
Quem recebe acima de R$ 6 mil líquidos (8% do funcionalismo) ganham R$ 3
mil na primeira parcela, R$ 3 mil na segunda e o restante na terceira parcela.

O atraso no pagamento da primeira parcela em relação à escala
divulgada ocorreu porque a Secretaria de Fazenda de Minas teve que rodar
uma nova folha devido a uma lista do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que
aponta irregularidades no acúmulo de cargos de mais de 90 mil servidores.

FONTE: Paulo Brandão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *